Calcular benefício por redução de salário ou suspensão de contrato de trabalho CLT

Calcular benefício por redução de salário ou suspensão de contrato de trabalho CLT


Compartilhe com seus amigos

Calcula o valor do benefício à receber por redução de salário ou suspensão do contrato de trabalho CLT com base no Seguro Desemprego

Anúncios

Para calcular o benefício por redução de salário ou suspensão de contrato preencha as informações na Calculadora Redução Salarial abaixo e clique em Calcular.

Empregado Formal: Trabalho exercido com carteira assinada

Empregada Doméstica: Que presta serviços à pessoa ou famílias em suas residências






Anúncios


Calcular o benefício por redução de salário ou suspensão de contrato

Calcular o benefício por redução de salário ou suspensão de contrato

Calcular o benefício por redução de salário ou suspensão de contrato

Com a publicação da medida provisória que vai pagar parte do salário dos funcionários( empregados ) para evitar Rescisão Contratual ( demissão ) ; o Calcule desenvolveu um simulador para calcular o valor do benefício que o funcionário tem direito à receber no caso de redução da jornada de trabalho ou suspensão de contrato de trabalho CLT. Empregadas Domésticas também tem direito a receber o benefício. O cálculo é feito de acordo com a parcela do Seguro Desemprego que o empregado teria direito a receber sem exigência de tempo.

Essa Calculadora Redução Salarial faz o cálculo de redução de salário e também quatro análises da redução:

  1. Salário bruto mais valor do benefício;
  2. Diferença do salário bruto que recebia antes com redução salarial bruta após negociação;
  3. Salário bruto mais benefício, menos descontos oficiais da redução salarial.(sobre o benefício não há descontos);
  4. Diferença do salário líquido que recebia antes com salário líquido após negociação

Para calcular o valor do benefício à receber basta selecionar na Calculadora de Redução Salarial:

  • Empregado Formal ou Empregada Doméstica;
  • Tipo de redução na jornada de trabalho: 25%; 50%; 70% ou suspensão do contrato de trabalho;
  • Preencher o salário bruto ( Salário sem os descontos ) e;
  • Clicar em Calcular

Se você precisa calcular férias pois está negociando com a empresa se é melhor tirar férias, reduzir a jornada de trabalho ou suspender o contrato, ao calcular férias em nosso simulador, veja também as alterações temporárias nas férias individuais e férias coletivas.

Exigências para obter o benefício

Requisitos para obtenção do benefício com base na lei do Seguro Desemprego

§ 1º O Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda será pago ao empregado independentemente do:

  • I - cumprimento de qualquer período aquisitivo;
  • II - tempo de vínculo empregatício; e
  • III - número de salários recebidos.

§ 5º O recebimento do Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda não impede a concessão e não altera o valor do Seguro Desemprego a que o empregado vier a ter direito, desde que cumpridos os requisitos previstos na Lei nº 7.998, de 11 de janeiro de 1990, no momento de eventual dispensa.

Fonte: Planalto.gov MEDIDA PROVISÓRIA Nº 936, DE 1º DE ABRIL DE 2020

Suspensão temporária do contrato de trabalho CLT

O empregador poderá acordar a suspensão temporária do contrato de trabalho de seus empregados, pelo prazo máximo de sessenta dias, que poderá ser fracionado em até dois períodos de trinta dias.

§ 1º A suspensão temporária do contrato de trabalho será pactuada por acordo individual escrito entre empregador e empregado, que será encaminhado ao empregado com antecedência de, no mínimo, dois dias corridos.

§ 2º Durante o período de suspensão temporária do contrato, o empregado:

I - fará jus a todos os benefícios concedidos pelo empregador aos seus empregados; e

II - ficará autorizado a recolher para o Regime Geral de Previdência Social na qualidade de segurado facultativo.

Fonte: Planalto.gov MEDIDA PROVISÓRIA Nº 936, DE 1º DE ABRIL DE 2020

Redução proporcional de jornada de trabalho e de salário

O empregador poderá acordar a redução proporcional da jornada de trabalho e de salário de seus empregados, por até noventa dias, observados os seguintes requisitos:

  • I - preservação do valor do salário-hora de trabalho;
  • II - pactuação por acordo individual escrito entre empregador e empregado, que será encaminhado ao empregado com antecedência de, no mínimo, dois dias corridos; e
  • III - redução da jornada de trabalho e de salário, exclusivamente, nos seguintes percentuais:
  • a) vinte e cinco por cento;
  • b) cinquenta por cento; ou
  • c) setenta por cento.

Fonte: Planalto.gov MEDIDA PROVISÓRIA Nº 936, DE 1º DE ABRIL DE 2020

Como calcular o valor do benefício por redução de salário ou suspensão de contrato

Art. 6º O valor do Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda terá como base de cálculo o valor mensal do Seguro Desemprego a que o empregado teria direito:

Anúncios

  • I - na hipótese de redução de jornada de trabalho e de salário, será calculado aplicando-se sobre a base de cálculo o percentual da redução; e
  • II - na hipótese de suspensão temporária do contrato de trabalho, terá valor mensal:

Fonte: Planalto.gov MEDIDA PROVISÓRIA Nº 936, DE 1º DE ABRIL DE 2020

planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2019-2022/2020/Mpv/mpv936.htm

Seguro Desemprego de 25%, 50%, 70% ou 100%

O valor do benefício emergencial pode chegar a 100% da parcela do Seguro Desemprego que teria direito:

  • Redução da Jornada de trabalho em 25% - Recebe 25% da parcela do Seguro Desemprego
  • Redução da Jornada de trabalho em 50% - Recebe 50% da parcela do Seguro Desemprego
  • Redução da Jornada de trabalho em 70% - Recebe 70% da parcela do Seguro Desemprego
  • Suspensão do contrato de trabalho - Recebe 100% da parcela do Seguro Desemprego

Utilize essa calculadora para uso didático; apenas para ter uma ideia de quanto irá receber de benefício, o cálculo oficial será feito pelo Ministério da Economia e Trabalho.

Anúncios